Música Nova 2020

Músicos são convidados para compor obras inéditas e apresentá-las no Savassi Festival

O projeto Música Nova adentra 2020 com sob o alicerce de contribuir com a criação de novas obras de música instrumental financiando músicos convidados durante meses de preparação. Assim como em edições passadas, os artistas convidados irão apresentar as obras inéditas ao longo do Savassi Festival 2020, previsto para acontecer entre os dias 1 e 9 de agosto. 

Os artistas confirmados para este ano são:

-- ANTONIO LOUREIRO


Antônio Loureiro como objetivo criar, pela primeira vez, uma obra inteiramente instrumental. Em sua trajetória, sempre teve composições instrumentais sem seus discos, mas nunca um show, um disco, um trabalho inteiramente instrumental. Outra novidade que acompanha o processo de criação da obra é a presença do artista como baterista. Até então, sempre apresentou suas criações como pianista e, nessa nova empreita, retorna ao instrumento que o colocou no cenário da música há mais de 20 anos. 


Atualmente Loureiro está viajando pelo mundo com seu trio formado por ele, Felipe Continentino e Frederico Heliodoro. Juntos, apresentam o ultimo trabalho de Loureiro, chamado “Livre”. Paralelamente, está em turnê com os guitarristas Kurt Rosenwinkel e Pedro Martins. Mais recentemente colaborou com a compositora japonesa nominada ao Grammy, Miho Hazama. . 

Instagram   ///    Facebook   ///   Youtube // Site 

-- JAMBA TRIO 


Para este projeto, Enéias Xavier e Írio Júnior vão compor as músicas. A inspiração vem da música brasileira e do jazz além de influências da música mineira, samba-jazz e jazz moderno (be bop, cool jazz, Hard bop). As harmonias das composições serão alicerçadas nos estudos da obra de John Coltrane, Herbie Hancock, Wayne Shorter, Debussy, Bach, Milton Nascimento e Toninho Horta.


O Jamba Trio tem 25 anos de estrada é conta sempre com Enéias Xavier, Írio Júnior e com um baterista convidado. Nesse formato, já se apresentaram no Festival de Jazz de Ipatinga e Café com Letras.

Instagram   ///    Facebook   ///   Youtube


-- MARCOS PAIVA (SP) 


Contrabaixista, arranjador e compositor, Marcos Paiva é considerado atualmente pelos críticos musicais como um dos mais importantes nomes da música instrumental brasileira. Vencedor do Prêmio Profissionais da Música 2017, Marcos teve seu livro O Contrabaixo na Roda de Choro (Kirja 2016) lançado na Alemanha em 2018 pela Grubber Editions (The Bass in the Choro Jam Sessions). Nos dois últimos anos, o contrabaixista seguiu divulgando os CDs Concerto para Pixinguinha (2016), ao lado da cantora Vânia Bastos, e Bailado (2016), ao lado do pianista Daniel Grajew. 

Além da carreira solo, onde lançou os discos Choroso (2015), Meu Samba no Prato – Tributo a Edison Machado (2012), São Mateus (2007) e Regra de Três (Bob Waytt, Lupa Santiago e MP 2007), Paiva já atuou como sideman ao lado de grandes artistas brasileiros como Zizi Possi, Bibi Ferreira, Cauby Peixoto, Agnaldo Rayol e Fabian Cozza, e de artistas internacionais como a cantora portuguesa Teresa Salgueira, a pianista Tânia Maria, a cantora mexicana Magos Herrera e o saxofonista americano Ilhan Ershain. Marcos Paiva participou dos maiores festivais de jazz do Brasil e de inúmeros shows na rede Sesc SP (a maior rede de cultura do país).

Marcos Paiva iniciou a composição em 2019 para apresentá-la no Savassi Festival 2020.

Instagram   ///    Facebook   ///   Youtube