Savassi Festival

Programa de Rádio
Projeto Lugar de Mulher: Nathy Rodrigues entrevista Maria Bragança
Evento Online
Projeto Lugar de Mulher: <span>Nathy Rodrigues entrevista Maria Bragança</span>
Qui, 21/10/2021 | 20:00

Nath Rodrigues é multi-instrumentista, cantora, compositora e investigadora das artes cênicas. A artista dedica o seu trabalho à música brasileira instrumental, à canção e à pesquisa dos efeitos da música sobre o corpo-mente-espírito. Ganhadora do prêmio BDMG Jovem Instrumentista e do Festival da Canção Todos os Sons, a artista tem participação em trabalhos de músicos renomados no cenário musical mineiro como Sérgio Pererê, Maurício Tizumba, Titane e vários outres. No teatro, tem em sua formação os espetáculos com direção de João das Neves, Eid Ribeiro, Samira Ávila e Grace Passô.

Integrante do Lugar de Mulher, coletivo que promove trabalhos musicais que têm mulheres na cadeia produtiva e criativa, Nath lançou em julho de 2019 seu primeiro disco solo: Fractal. A artista está se preparando para o lançamento de seu segundo álbum, Fio, com produção, acompanhamento e belos timbres de Pedro Cambraia, o Cido.

Maria Bragança é saxofonista e compositora, que já protagonizou diversos concertos internacionais, ao lado de outros importantes artistas, como o pianista Roberto Szidon, na Suíça e Alemanha, o cravista e organista Nicolau de Figueiredo, na França, e o regente e pianista Michell Collins e a pianista Maria Teresa Madeira. No âmbito do jazz, realizou concertos no Brasil, Alemanha, Áustria, Franca, Itália, África, Coréia do Sul e Califórnia, ao lado de nomes como Djalma Correa, Toninho Horta, Marcio Bahia, André Mehmari e Eberhard Weber, o percussionista africano Mustapha Teddey Adyr, Nana Vasconcelos e muitos outros. Mestrado pela Escola de Musica Superior Robert Schumann de Düsseldorf/Alemanha - Diploma Saxofone Concerto, com aulas de saxofone com Ivan Roth em Basel e Martin Hilner em Düsseldorf. Música de Câmera com o pianista Roberto Szidon. Morou por muitos anos na Europa. Atualmente, vive na região metropolitana de Belo Horizonte, é professora na Fundação de Educação Artística faz um trabalho de musicalização em Nova Lima, além de participar de coletivos como “Abre a roda, mulheres no choro” e “Magnólia”, entre outros. 2020 Premio de melhor instrumentista da Radio Inconfidencia.

Programação Completa